sexta-feira, 24 de janeiro de 2020

Orações Subordinadas Adjetivas

NÃO ADIE MAIS. COMECE AGORA E
VEJA-SE COMO UMA PESSOA DE SUCESSO.

Orações Subordinadas Adjetivas
Orações adjetivas são aquelas orações que exercem a função de um adjetivo dentro da estrutura da oração principal. Elas são sempre iniciadas por um pronome relativo e servem para caracterizar algum nome que aparece na estrutura da frase

Há dois tipos de orações adjetivas: as restritivas e as explicativas.

O. S. Adjetivas Restritivas: funcionam como adjuntos adnominais e servem para designar algum elemento da frase. Não pode ser isolada por vírgulas, e restringe, identifica o substantivo ou pronome ao qual se refere.

Exemplo:


- Você é um dos poucos alunos que eu conheço.

Suj. + VL + predicativo + O.S. Adjetiva Restritiva

- Eles são um dos casais que falaram conosco ontem.

Suj. + VL + predicativo + O.S. Adjetiva Restritiva

- Os idosos que gostam de dançar se divertiram muito.

Suj. + O.S. Adjetiva Restritiva + VI + adj. Adv.


O. S. Adjetivas Explicativas: ao contrário das restritivas, são quase sempre isoladas por vírgulas. Servem para adicionar características ao ser que designam. Sua função é explicar, e funciona estruturalmente como um aposto explicativo.

Exemplo:

- Meu tio, que era advogado, prestou serviços ao réu.

Sujeito + O.S. Adj. Explicat. + VTDI + OD + OI

- Eu, que não sou perfeito, já cometi alguns erros graves.

Suj. + O.S. Adj. Explicat. + VTD + OD

- Os idosos, que gostam de dançar, se divertiram muito.

Suj. + O.S. Adj. Explicat. + VI + Adj. Adv.

Nenhum comentário: